Em 2030 o Brasil terá a quinta população mais idosa do mundo e consequentemente o aumento da procura de tratamentos para a terceira idade, mas o que não se sabe é que os exercícios em casa para idosos previne casos mais graves e fortifica o sistema imunológico.

Segundo o jornal da USP, o Brasil caminha na direção da longevidade, pois, daqui a 9 anos o número de idosos irá ultrapassar o número de crianças entre 0 a 14 anos. Porém, a matéria da USP não específica se esses idosos terão condições mais saudáveis, então, como fazer exercício em casa no idoso e torná-lo mais funcional? A fisioterapeuta Eliane Coutinho, pós doutora em dor crônica e criadora do maior método de pilates clássico científico do Brasil aconselha: “O idoso precisa de um programa de treinamento que contemple todas as necessidades.”

Visando as necessidades dos idosos de hoje a ter uma rotina de exercícios e sem precisar se expor à COVID19, Eliane criou o programa Jornada de Dor que ajuda o idoso a fazer exercícios em casa.

O programa Coluna Sem Dores é feito em casa ensinando como o idoso fazer exercício com segurança. Abaixo explica como 03 passos simples podem tratar a coluna.

                       

Esse e outros vídeos de tratamentos e alívio da dor estão disponíveis gratuitamente no Youtube, enquanto nas redes sociais a doutora Eliane mostra suas consultas e métodos de abordagem de cada enfermidade. Muitos pacientes se consultam de forma online que é um método que também ajuda os idosos a se tratar e fazer exercícios em casa.

O idoso que se exercita em casa cuida da mente também, pois quando os exercícios físicos são inclusos na rotina, doenças como depressão são amenizadas. Os exercícios também tratam as enfermidades mais comuns em idosos como osteoporose, artrose, hérnia de disco, bico de papagaio e bursite.

A doutora Eliane Coutinho que é responsável pela Fisiociência fez com que clínica tivesse um alcance dentro e fora do país atendendo e contemplando idosos que procuram tratamento e exercícios em casa.