São Paulo Matriz +55 (11) 3571-9597 | (11) 94931-1118 | (11) 95976-0807
cursos@fisiociencia.com.br

Blog Fisiociencia

Tudo sobre Pilates
21
fev

Glúteos Durinhos com o Método Pilates

Para ter os glúteos durinhos e o contorno ideal do bumbum, tão desejado pelas mulheres, o músculo glúteo máximo é um músculo extremamente importante e precisa ser explorado na área da estética. A medida que o aluno fortalece os glúteos com o pilates, eles também são definidos, tornando o bumbum mais delineado e arredondado, fascinando as mulheres que sempre buscam o corpo perfeito.

Contudo, a sua importância é muito maior do que a aparência estética. O método pilates prioriza muito esse músculo porque ele faz parte da famosa estabilidade pélvica. Ou seja, ele gera um equilíbrio na articulação sacro-ilíaco deixando a base que apoia a coluna mais estável. Consequentemente, uma base em equilíbrio gera uma coluna também em equilíbrio e uma saúde integral.

Costumo comparar uma função da sacro-ilíaca, da qual é estabilizada pelo músculo glúteo máximo, como uma base para a construção de uma casa. Você pode construir uma casa muito resistente, mas se ela estiver construída no mangue, ela irá desabar.

A coluna vertebral pode ser estabilizada fortalecendo os músculos que a seguram, pois se eles não forem músculos fortes a coluna pode ficar instável “desabando”. Sendo assim, o método pilates possui uma grande gama de exercícios, tanto de solo, quanto de equipamentos, que ativam o importante músculo, com o objetivo de estabilizar o sacro-ilíaco e também fortalecer o músculo do bumbum. Ou seja, em uma mesma aula o aluno consegue garantir a saúde da coluna e também definir esteticamente o bumbum. 

O tempo de hipertrofia/definição e fortalecimento depende do tempo de treinamento, mas se imaginarmos um treino duas vezes por semana, depois de 4 meses é possível obter um retorno visual no bumbum e também de estabilidade na articulação sacro-ilíaca muito satisfatórios.